Rentabilidade dos Veículos na Versão 2.8

Créditos são uma das moedas primárias do jogo. Você pode utilizar créditos para melhorar seus veículos ou comprar um tanque mais poderoso. Todo tanqueiro recebe créditos após a batalha; o valor pode variar por ser dependente de seu desempenho pessoal em batalha e dos custos de conserto e ressuprimento de munições. O nível de rentabilidade é definido individualmente para cada veículo e, na nova versão, este parâmetro foi ajustado para muitos deles.

Estas alterações resolvem dois problemas. Primeiro, é necessário alinhar a variação de rentabilidade dos veículos nas diferentes versões do jogo. Segundo, jogadores com desempenho insuficiente em veículos de Níveis IX-X sofrem perdas significativas. Para resolver estes problemas, reduzimos os custos de reparo – o custo principal de veículos de níveis altos.

A rentabilidade de veículos Premium permanece no mesmo nível.

Exemplo:

Para ilustrar fizemos um experimento com o T62-A onde seus custos de reparo serão reduzidos em 56% e sua rentabilidade em 13%. Selecionamos um jogador não muito experiente como comandante. Ele disputou 5 batalhas em sequência neste tanque. Todas as batalhas foram disputadas sem Conta Premium e camuflagem, apenas com projéteis PPCR e utilizando Extintor de Incêndio Automático, Kit de Primeiros-Socorros e de Reparo.


Resultados de 5 batalhas antes e depois da versão 2.8


Desempenho médio em 5 batalhas antes e depois da versão 2.8

Como resultado a rentabilidade média caiu 3.834 créditos e os custos de reparos 12.027, o que aumentou os créditos recebidos. Assim, após o lançamento da versão 2.8, nosso comandante teria recebido 10.245 créditos ao invés de gastar 30.717 créditos.

Alterações Futuras

Os ajustes na rentabilidade da versão 2.8 estão descritos abaixo. Aumento da rentabilidade e diminuição dos custos de reparos estão destacados em verde. Note que em certos casos, a redução da rentabilidade é compensada por uma diminuição significativa dos custos de reparos.

U.R.S.S.

  • T-34: rentabilidade +17%;
  • KV-1: rentabilidade +14%;
  • SU-85: rentabilidade +11%;
  • SU-100: rentabilidade +15%;
  • T-150: rentabilidade −29%;
  • T-43: rentabilidade +3%;
  • IS: rentabilidade +12%;
  • KV-13: rentabilidade −25%;
  • ISU-152: rentabilidade +12%, reparos −10%;
  • IS-3: rentabilidade +5%, reparos −24%;
  • T-44: rentabilidade −10%, reparos −35%;
  • KV-4: rentabilidade −10%, reparos −31%;
  • Object 704: rentabilidade −6%, reparos −23%;
  • IS-8: rentabilidade −19%, reparos −44%;
  • T-54: rentabilidade −12%, reparos −50%;
  • ST-I: rentabilidade +8%, reparos −41%;
  • Object 268: rentabilidade −6%, reparos −32%;
  • T-62A: rentabilidade −13%, reparos −56%;
  • Object 140: rentabilidade +5%, reparos −46%;
  • IS-4: rentabilidade +5%, reparos −42%;
  • IS-7: rentabilidade −23%, reparos −46%.

Alemanha

  • Pz.Kpfw. II Luchs: rentabilidade −39%; 
  • Pz.Kpfw. IV Ausf. D: rentabilidade −41%;
  • Durchbruchswagen 2: rentabilidade +28%;
  • Hetzer: rentabilidade +18%;
  • StuG III Ausf. G: rentabilidade +13%;
  • VK 30.01 (H): rentabilidade +13%;
  • Jagdpanzer IV: rentabilidade +15%;
  • VK 36.01 (H): rentabilidade +15%;
  • VK 30.01 (P): rentabilidade −20%;
  • VK 30.01 (D): rentabilidade −25%;
  • Tiger I: rentabilidade +9%;
  • Jagdpanther: rentabilidade −28%;
  • Jagdpanther II: rentabilidade +3%, reparos −17%;
  • VK 45.02 (P) Ausf. A: rentabilidade −5%, reparos −32%;
  • Ferdinand: rentabilidade +4%, reparos −18%;
  • Indien-Panzer: rentabilidade +4%, reparos −29%;
  • Tiger II: rentabilidade +9%, reparos −30%;
  • Panther II: rentabilidade −2%, reparos −37%;
  • Leopard Prototyp A: rentabilidade +14%, reparos −48%;
  • E 50: rentabilidade −12%, reparos −49%;
  • VK 45.02 (P) Ausf. B: rentabilidade +3%, reparos −42%;
  • E 75: rentabilidade −19%, reparos −42%;
  • Jagdtiger: rentabilidade −5%, reparos −29%;
  • Maus: rentabilidade −4%, reparos −45%;
  • E 50 Ausf. M: rentabilidade −15%, reparos −53%;
  • Leopard 1: rentabilidade +5%, reparos −56%;
  • E 100: rentabilidade −27%, reparos −48%;
  • Jagdpanzer E 100: rentabilidade −7%, reparos −29%.

E.U.A.

  • T1 Heavy Tank: rentabilidade +20%;
  • M10 Wolverine: rentabilidade +16%;
  • M6: rentabilidade +11%;
  • M4A3E8 Sherman: rentabilidade +5%;
  • M4A3E2 Sherman Jumbo: rentabilidade −21%;
  • M18 Hellcat: rentabilidade +8%;
  • M36 Jackson: rentabilidade +9%;
  • T20: rentabilidade +11%;
  • T29: rentabilidade +15%;
  • T25 AT: rentabilidade −6%;
  • T28 Prototype: rentabilidade +7%, reparos −7%;
  • T28: rentabilidade +14%, reparos −9%;
  • M26 Pershing: rentabilidade +3%, reparos −28%;
  • T32: rentabilidade +11%, reparos −27%;
  • T30: rentabilidade +14%, reparos −29%;
  • M103: rentabilidade −18%, reparos −42%;
  • M46 Patton: rentabilidade −19%, reparos −52%;
  • T95: rentabilidade −12%, reparos −17%;
  • T110E4: rentabilidade +25%, reparos −36%;
  • M48A1 Patton: rentabilidade −19%, reparos −57%;
  • T110E3: rentabilidade −9%, reparos −31%;
  • T110E5: rentabilidade −17%, reparos −46%.

G.B.

  • Alecto: rentabilidade +19%;
  • Churchill I: rentabilidade −26%;
  • AT 2: rentabilidade +9%;
  • AT 8: rentabilidade +14%;
  • AT 7: rentabilidade +32%;
  • Centurion Mk. I: rentabilidade +2%, reparos −37%;
  • AT 15: rentabilidade +28%, reparos −22%;
  • Caernarvon: rentabilidade +7%, reparos −29%;
  • Conqueror: reparos −46%;
  • Tortoise: rentabilidade +11%, reparos −32%;
  • Centurion Mk. 7/1: rentabilidade +11%, reparos −48%;
  • FV215b: rentabilidade +5%, reparos −41%;
  • FV215b (183): rentabilidade +24%, reparos −26%;
  • FV4202: rentabilidade +7%, reparos −54%.

Japão

  • STA-1: rentabilidade −2%, reparos −38%;
  • Type 61: rentabilidade +7%, reparos −47%;
  • STB-1: rentabilidade +6%, reparos −54%;
  • Panzer IV Anko Special: rentabilidade −28%.
Fechar